• Mais de 30 artistas transformaram resíduos da indústria têxtil em arte para mostrar que na moda, e na vida, “não existe o fora”.
  • Exposição fica de 7 a 26 de maio no Espaço Alternativo, do Atelier Livre, em Porto Alegre.

A exposição “Não existe fora” estará, de 7 a 26 de maio, no Espaço Alternativo, do Atelier Livre Xico Stockinger da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Essa exposição fez parte das atividades do Fashion Revolution, em Porto Alegre, movimento que mobiliza mais de 100 países e mais de 50 cidades em todo Brasil com diversas atividades gratuitas. Só uma confecção de Porto Alegre descarta mensalmente 18 toneladas de resíduo têxtil que vão acabar em aterros. Para dar um novo destino a parte desse material, mais de 30 artistas gaúchos transformaram esses descartes em arte. Os artistas, que participaram individualmente e de forma coletiva, foram convidados a lançar suas interpretações sobre a revolução da moda com o tema “Não existe fora”.

O movimento Fashion Revolution foi criado há 6 anos após uma tragédia em Bangladesh, o desabamento do Rana Plaza, no dia 24 de abril de 2013, com 1.125 mortos, a maioria mulheres que produziam roupas para grandes marcas mundiais.

No dia 20 de abril, que marcou o Fashion Revolution Day, as obras estiveram no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo. Depois da temporada no Atelier Livre, a exposição segue para a Casa de Cultura Demosthenes Gonzales, em Cachoeirinha, onde ficará de 27 de maio a 28 de junho de 2019.

Artistas: Lúcia Guaspari e Marinelsa Geyer; AGEL/Mangélica Estivallet; Fernanda Capra e artesãs da cultura, Laís R. C.; Katia Rezer Menger; Kattia Raup; coletivo  TransFormArte; Lurdes Fel; Thaís Menna; Coletivo nós do fio e convidados.

SERVIÇO:

Abertura: 07 de maio, 18h00.

Visitação: de 08 a 26 de maio de 2019, das 09h00 às 18h00

Local: Centro Municipal de Cultura Lupicínio Rodrigues, Atelier Livre, Espaço Alternativo. Avenida Erico Verissimo, 307, no Bairro Menino Deus.

Contato: (51) 3289.8058

A entrada é franca.